quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O mundo, do antropólogo Adelivan Ribeiro

Adelivan Ribeiro é antropólogo e poeta. Estudioso do comportamento humano, poeta por vocação e jornalista por profissão, passa a escrever neste blob. A seguir, pequena poesia que retrada uma rápida visão do mundo.

O céu olha,
a lua clareia,
o sol queima,
a estrela cai.
A terra sente,
o homem vive,
o tempo passa,
a vida fica,
mas o vivo vai.
O mundo é isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário