terça-feira, 3 de janeiro de 2012

O CAOS EM FORTALEZA: INSEGURANÇA

Vivemos num Estado Democrático de Direito, em que se assegura o direito de greve, observada, no entanto, a garantia mínima das atividades, notadamente no caso dos policiais militares, que prestam serviços considerados essenciais à população. Ou seja, se há ordem judicial considerando a greve dos policiais ilegal, bem como o retorno às atividades, ou desocupação de local ocupado por grupo de ativistas, o mandamento judicial deverá ser cumprido, sob pena de se estabelecer o caos, com perdas irreparáveis para todos. Entretanto, pode ser o momento de o Poder Judiciário também se pronunciar, talvez provocado pelo Ministério Público, já que o Estado-Juiz é inerte, no sentido de mostrar não somente uma ilegalidade, mas também uma já intolerância Estatal absurda, e determinar, fundamentado na mínima razoabilidade e bom-senso, a composição entre as partes, urgentemente, antes que o Estado do Ceará ganhe dele mesmo no ranking de estados com a menor remuneração de policiais, ou antes que o mal maior ocorra.

5 comentários:

  1. É Rodrigo, nunca tinha presenciado uma situação tão dramática como esta. Realmente todos esses problemas tem de ser solucionado com a maior brevidade possível .

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo, como vc bem sabe, nossa PM é muito mal remunerada... Ela tenta melhores condições de trabalho e salários desde ã época do Governo Tasso e sem obter qualquer melhoria... pelo contrario! a cada dia o policial é escravizado numa escala de yrabalho desumana, onde a familia fica sem seu heroi por ele estar nas ruas fazendo a segurança da sociedade, sem que ninguém faça sua segurança... a segurança de sua integridade física e principalmente MORAL... pois não recebe o suficiente para o seu sustento e de sua familia, não possui um hospital ou plano de saúde que lhe assegure a saude (uma vez que corre risco diario por razão da função)etc.
    O governo, por sua vez, sempre negou tal aumento de salário, ou diminuição de carga horaria trabalhada, afirmando não possuir verba para tanto...
    Ocorre que existe no mesmo governo, um contrato milionário das Hilux e uma desvalorização do homem que trabalha garantindo a segurança!
    Tudo não passa de uma fachada... fachada essa, como as das nossas delegacias, que continuam da mesma forma por dentro... sem qualquer extrutura ou condição de trabalho.
    Os cursos de formação, são piadas!!!
    Dessa feita não restou a PM (tão sofrida e esquecida pela população e governo!) outra saida senão mostrar como ela é necessária e sofre!
    Claro!!! Greve de PM é ilegal, mas, mais ilegal e imoral que isso, é a desmoralização, desvalorização, escravização, excesso de punição, condição de trabalho e salário defasadíssimo que o PM sofre CALADO, pois não pode fazer greve, não pode se sindicalizar e não possui um povo que reconheça seu valor... pior... que a trata com desdem e desprezo... só notando seu real valor, quando se mostra um caos como este que vivenciamos!!!
    Esses homens, são verdadeiros HEROIS, merecem tanto o nosso respeito, como nossa valorização ao seu trabalho!!!
    Essa luta, está apenas começando, pois a sociedade está tirando a venda dos olhos e percebendo o que realmente ocorre por traz dos bastidores e das falsas propagandas de governo!!!
    Fabrícia de Castro

    ResponderExcluir
  3. Gente, estou vendo os vídeos que o pessoal tá divulgando, e não too entendendo o motivo da comemoração pelo o linchamento desse povo que é gente como a gente, “sim ladrões”, (olha que eles descontão tudo na gente no próximo assalto, não se engane) e cadê o ensinamento que Jesus nós deixou”. atire a primeira pedra quem não tem pecados". P* irmão será que é tão difícil perceber que esse pessoal ai são vitimas, muitas vezes de nós mesmo, da nossa falta de compromisso social (você num é o inteligente, então ensina ai, cobra creches pra tua empregada deixar os filhos pra que eles no futuro num seja levado ao desencontro), quando jogamos fora um monte de comida depois de uma festinha, nós que não nos juntamos para proteger a vida uns dos outros contra a corrupção (ou o pensamento é: pra mim, só existe eu e eu sou deus num dá né só na cabeça do cara que tá fazendo festa com a desgraça do ladrão e a nossa de tabela, porque realmente somos o filho né imagem e a o resto nos estamos devendo), poxa! Queria ver a coragem desse pessoal que chuta cachorro morto, linchando os políticos os quais nos temos certeza que roubam e matam sem ponderação, desde que o dinheiro e poder esteja convosco, ai povo, qual é? Que atestado de inferioridade e falta de amor pelo o próximo é essa, se ti deram um tapa dê a outra face, prende, cobre... Agora vai bater? Comemorar o sofrimento de um sofredor, ou alguém acha que quem rouba e mata é feliz na sua normalidade. Poxa gente, qual é o nosso nível de entendimento de sociedade normal, será que lincha ou comemora aplaudir quem violentou o violento é normal? Será que se igualar ou agressor é ser melhor do que ele?

    ResponderExcluir
  4. Dá um "descontão" pra ele, pelos erros de português.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo Cavalcante2 de março de 2012 03:56

      Prezado,
      Indique os erros. E, em suas críticas, identifique-se! Assim, poderemos travar uma discussão sadia, no campo das ideias, sem qualquer ofensa, e na construção de soluções.

      Excluir