NOVOS VALORES PARA RECURSOS NO PROCESSO TRABALHISTA

A partir de 1º de agosto de 2013, de acordo com o ATO nº 506, de 15 de julho de 2013, oriundo da Presidência do Tribunal Superior do Trabalho, haverá mudança nos valores relativos ao depósito recursal para Recurso Ordinário e Recurso de Revista, além dos demais previstos no ato.

Para R. Ordinário, insurgência similar ao Recurso de Apelação no processo civil, o depósito passará a ser de R$7.058,11. Para o Recurso de Revista, similar ao Recurso Especial previsto no CPC, o “quantum” passa a ser de R$14.116,21.


Assim, é preciso ficar atendo aos novos valores, sob pena de deserção à insurgência recursal que não observar os novos montantes, garantidos do crédito trabalhista.


Abaixo segue a íntegra do ano normativo.


É isso!


ATO Nº 506/SEGJUD.GP, DE 15 DE JULHO DE 2013

Divulga os novos valores alusivos aos limites de depósito recursal de que trata o artigo 899 da CLT.
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO, no uso das atribuições legais e regimentais,
Considerando o disposto no item VI da Instrução Normativa nº 3 desta Corte,
RESOLVE:
Art. 1º Os novos valores alusivos aos limites de depósito recursal de que trata o artigo 899 da Consolidação das Leis do Trabalho, reajustados pela variação acumulada do INPC do IBGE, no período de julho de 2012 a junho de 2013, serão de:
a) R$ 7.058,11 (sete mil, cinquenta e oito reais e onze centavos), no caso de interposição de Recurso Ordinário;
b) R$ 14.116,21 (quatorze mil, cento e dezesseis reais e vinte e um centavos), no caso de interposição de Recurso de Revista, Embargos e Recurso Extraordinário;
c) R$ 14.116,21 (quatorze mil, cento e dezesseis reais e vinte e um centavos), no caso de interposição de Recurso em Ação Rescisória.
Art. 2º Esses valores deverão ser de observância obrigatória a partir de 1º de agosto de 2013.
Publique-se no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho e no Boletim Interno do Tribunal.
Brasília, 15 de julho de 2013.
Ministro CARLOS ALBERTO REIS DE PAULA
Presidente do Tribunal Superior do Trabalho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Outono. Uma letra musical de Djavan, “comentada” poeticamente com o auxílio de Adelivan Ribeiro

Salta aos olhos ou salta os olhos?

"Se avexe não". Analisada por Adelivan Ribeiro, poeta e jornalista e meu amigo.