terça-feira, 24 de setembro de 2013

PRODUÇÃO. De Adelivan Ribeiro. Poeta, escritor e jornalista.

PRODUÇÃO

Antítese da inércia é a produção.

Produção que cria e recria,
que transforma e faz nascer.
E no mundo, seja social, seja liberal, seja capitalista,
é na produção que tudo se reinventa, e dali se faz a força.
A produção remove o imóvel,
e movimenta o que não mais teria movimento, fosse apenas a inércia.
E é na produção que o pequeno pode-se tornar grande, mesmo que “grandes” não queiram.
E é na inércia que “grandes”, sempre, tornam-se pequenos.
Viva a produção! Viva à produção!!

(Adelivan Ribeiro. Poeta, jornalista, escritor. In Textos Avulsos)


Nenhum comentário:

Postar um comentário