BEM DE FAMÍLIA

Se o executado possui um único imóvel residencial, mas quem mora nele é um parente (ex: filho), mesmo assim esse imóvel será considerado como bem de família, sendo impenhorável. Em outras palavras, constitui bem de família, insuscetível de penhora, o único imóvel residencial do devedor em que resida seu familiar, ainda que o proprietário nele não habite.” [STJ. 2ª Seção. EREsp 1.216.187-SC, Rel. Min. Arnaldo Esteves Lima, julgado em 14/5/2014]
Fonte: dizerodireito.com.br.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Outono. Uma letra musical de Djavan, “comentada” poeticamente com o auxílio de Adelivan Ribeiro

Salta aos olhos ou salta os olhos?

"Se avexe não". Analisada por Adelivan Ribeiro, poeta e jornalista e meu amigo.