Triplex ou tríplex? Oxítona ou paroxítona?

Triplex ou tríplex? Oxítona ou paroxítona?

Ambas as formas são aceitas pelos dicionários e pelo VOLP – Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa. Diferença, então, na prática? Nenhuma. Todavia, acho mais sonoro Triplex, oxítona. Sílaba tônica, então, no “e”.

Posso dizer, ainda, que o estudo adequado das sílabas tônicas das palavras vem da ortoepia, que pode ser pronunciada, também, ortoépia, enquanto paroxítona. Prefiro ortoepia. Prosódia, por sua vez, é parte da gramática tradicional que se dedica às características da emissão dos sons da fala, como o acento e a entoação.

Ou seja, a pronúncia ‘ad[e]vogado em vez de ‘advogado’; Direito Ad[e]ministrativo em vez de Direito Administrativo, são erros de prosódia. Silabada, por sua vez, é erro de pronúncia.

Agora, cuidado, voltando: prosódia; prosod[í]a, não. Essa entrada é caracterizada como paroxítona.

E o que são palavras, ou entradas, paroxítonas? Proparoxítonas? Oxítonas? Fica para outro dia.

Comentários

Últimas publicações

Salta aos olhos ou salta os olhos?

Outono. Uma letra musical de Djavan, “comentada” poeticamente com o auxílio de Adelivan Ribeiro

A ALIANÇA. De Bastos Tigre